rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Desporto Basquetebol Mundial Brasil Angola África Lusófona China

Publicado a • Modificado a

Basquetebol: Angola falhou apuramento directo para JO

media
Carlos Morais, internacional angolano. Ye Aung Thu / AFP

O Mundial de basquetebol actualmente decorre na China com duas selecções lusófonas: Angola e Brasil. Angola foi arredada da fase principal disputando a fase de classificação do 17° ao 32° lugar deste campeonato do Mundo de basquetebol. Neste domingo os angolanos sofreram uma segunda derrota consecutiva na segunda fase da prova.


A Selecção Angolana está a lutar pelo melhor lugar possível na fase de classificação do 17° ao 32° lugar, mas já está fora da luta por um lugar nos Jogos Olímpicos. Recorde-se que a melhor selecção africana no Mundial apura-se para os Jogos Olímpicos.

Os angolanos sofreram uma segunda derrota consecutiva nesta segunda fase do Mundial. Depois da derrota por 62-71 frente ao Irão, Angola acabou por perder neste domingo frente à Tunisia por 86-84.

Angola terminou no 3° lugar neste Grupo N. De referir que a Tunísia acabou à frente de Angola, o que significa que os angolanos não poderão ser a melhor seleção africana do torneio e não se poderão apurar diretamente para os Jogos Olímpicos de 2020 que vão decorrer em Tóquio no Japão.

Ao terminar no 3° lugar no grupo, Angola vai terminar entre o 25° e o 28° lugar, dependendo ainda dos jogos nos outros grupos que decorrem na segunda-feira.

Quanto à Selecção Brasileira perdeu no sábado frente à República Checa por 71-93, no Grupo K, e complicou o apuramento para os quartos-de-final. Os brasileiros, que tinham vencido os três jogos na primeira fase de grupos, foram surpreendidos pelos checos.

No segundo e derradeira jogo desta segunda fase, os brasileiros terão pela frente os Estados Unidos e um triunfo seria importante para seguir para os quartos-de-final.