rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Festival de cinema de Cannes 2018 Cultura Arte

Publicado a • Modificado a

Cannes: 21 filmes por uma Palma

media
Martin Scorsese e Cate Blanchett na abertura do Festival de Cannes. Reuters

21 longas metragens estão em competição até este sábado no Festival de cinema de Cannes à luta pela Palma de ouro, a competição que entra agora na recta final. Um tom vincadamente feminista transparece desta edição do certame. Esta é a primeira edição de Cannes a seguir ao escândalo de assédio sexual envolvendo o produtor americano Harvey Weinstein.


Não só o júri é presidido por uma mulher, a actriz australiana Cate Blanchet, como num colectivo de nove membros cinco são de sexo feminino.

Destaque entre elas para a célebre cantora burundesa Khadja Nin.

As 21 longas metragens em competição são oriundas de França, Irão, Egipto, Rússia, Polónia, China, Itália, Japão, Coreia do Sul, Líbano, Turquia e Estados Unidos.

Os temas são, obviamente, muito diversificados incluindo a participação feminina na luta no Curdistão contra os extremistas islâmicos em "Filles du soleil" (Jovens do sol) de Eva Husson...

Ou ainda em Black Klansman, do americano Spike Lee, com um polícia afro-americano a inflitrar a organização racista Ku Klux Klan do Colorado.

Sem esquecer o filme egípcio Yomeddine, o único africano em competição, com a história de um leproso.

O fumo branco aqui é aguardado no início da noite deste sábado.

Cannes: recta final de um festival 17/05/2018 ouvir