rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Presidente americano cancelou cimeira com líder norte-coreano.

Chuvas Calamidades Nampula Meteorologia Moçambique África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Mais 4 mortos nas intempéries que fustigam Moçambique

media
Mau tempo e intempéries fazem mais 4 mortos em Moçambique pixabay.com

As populações devem observar as medidas para evitar a morte por descargas atmosféricas, segundo um apelo do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades INGC, em Moçambique, um apelo que surge depois de se registarem 4 mortes e feridos graves, em Tete, devido ao mau tempo, que uma vez mais está a fustigar aquele país. 


Quatro pessoas morreram outros três ficaram gravemente feridas em consequência de descargas atmosféricas registadass no distrito de Changara, na provincia de Tete, no centro de Moçambique.

A confirmação é do porta-voz do INGC, Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, nesta província moçambicana, que apela as populações à observância de algumas medidas para evitar situações do género. 

As provincias de Sofala, no centro e Lichinga e Nampula, no norte de Moçambique, também estão a ser severamente fustigadas pelas intempéries mas, assegura o Director-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, João Machatine, que se buscam apoios para a milhares de famílias afectadas.

Enquanto isso, as previsões meteorológicas para os próximos dias apontam para a continuidade da queda de chuvas intensas nas regiões centro, norte e sul de Moçambique.

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa. 

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo 13/02/2018 ouvir