rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Convidado
rss itunes

Dulce Almada Duarte, figura de proa da cultura cabo-verdiana

Por João Matos

Morreu na última segunda-feira, em Cabo Verde, Dulce Almada Duarte, intelectual cabo-verdiana, na origem do estudo científico da língua caboverdiana, depois do autor Baltasar Lopes, que escreveu "O dialecto crioulo de Cabo Verde". Dulce Duarte, era autora da obra científica ”Sobre língua cabo-verdiana”, tese de licenciatura em Filologia românica, na Universidade de Coimbra e do livro “Bilinguismo ou Diglossia”?

Cabo Verde chora o desaparecimento da ensaísta, Dulce Almada Duarte, intelectual e linguista, morta na segunda-feira, com a idade de 85 anos. Aliás, ela faria 86 anos hoje dia do seu aniversário.

O escritor e Antropólogo caboverdiano, Manuel Brito-Semedo, falou-nos de Dulce Almada Duarte.

Moçambique: Frelimo diz que "falta de paz" foi entrave ao desenvolvimento

Moçambique: MDM denuncia “comando vertical” envolvido na violência