rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Eleições São Tomé e Príncipe 2018 Eleições Legislativas Eleições Autárquicas

Publicado a • Modificado a

Dia de eleições em São Tomé e Príncipe

media
Esta manhã, eram muitos os eleitores a fazerem longas filas para poderem votar. Liliana Henriques / RFI

Desde as 7 horas da manhã e até às 18 horas locais, os cerca de 97 mil eleitores são-tomenses têm sido chamados às urnas para eleger 55 deputados, 6 autarcas e uma nova assembleia regional no Príncipe sendo que 5 formações, uma coligação e 4 partidos são candidatos às legislativas.


De acordo com a Comissão Eleitoral Nacional, os escrutínios têm decorrido “na normalidade”, exceptuando na Roça Rosema, no norte de São Tomé, onde populares ergueram barricadas, impossibilitando o voto que foi adiado para daqui a uma semana. A CEN reconheceu igualmente alguns atrasos na abertura de mesas na zona da capital. A afluência fez-se sentir logo pela manhã, o descontentamento também.

Reportagem à boca das urnas 07/10/2018 ouvir

O Presidente da República, Evaristo Carvalho, votou pelas 11 horas na capital. Ao apelar ao voto, o Chefe de Estado expressou o desejo que se favoreça "a formação de um novo governo e que se possa prosseguir com a estabilidade politica".

Presidente Evaristo Carvalho 07/10/2018 ouvir

O Primeiro-Ministro cessante e candidato da ADI a um segundo mandato, Patrice Trovoada, votou, por sua vez, na localidade de Guadalupe, a cerca de 20 minutos da capital, onde os ânimos estavam acesos. Ao mesmo tempo que estava a responder às perguntas dos jornalistas depois de votar, foi vaiado por populares enquanto um outro grupo tentava marcar também ruidosamente o seu apoio. Questionado sobre as suas expectativas quanto a estas eleições, Patrice Trovoada lançou farpas sobre a possível aliança entre os seus adversários do MLSTP e a coligação UDD-PCD-MDFM.

Patrice Trovoada, Primeiro-Ministro cessante e candidato da ADI a um segundo mandato 07/10/2018 ouvir

Ao confirmar ter alcançado “um acordo de princípio” com a coligação, Jorge Bom Jesus, líder e candidato do MLSTP às legislativas lançou um apelo logo depois de votar para que os eleitores se desloquem às urnas.

Jorge Bom Jesus, candidato do MLSTP às legislativas 07/10/2018 ouvir

Quanto a Arlindo Carvalho, candidato da coligação UDD-PCD-MDFM, após exercer o seu dever cívico, ele apelou os cidadãos são-tomenses a irem votar especialmente os funcionários públicos, a “maioria silenciosa”.

Arlindo Carvalho candidato às legislativas pela coligação UDD-PCD-MDFM 07/10/2018 ouvir