rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

África Lusófona São Tomé e Príncipe Assembleia Nacional

Publicado a • Modificado a

São Tomé e Príncipe analisa incidentes na Assembleia

media
O parlamento de São Tomé e Príncipe DR

A oposição de São Tomé e Príncipe reagiu hoje aos incidentes ocorridos ontem no Parlamento, aquando da eleição dos juízes do Tribunal Constitucional, numa sessão marcada pela expulsão de 6 deputados da oposição, designadamente o líder da bancada do MLSTP-PSD.


A calma regressou a São Tomé e Príncipe, e os deputados, da maioria  e da oposição fazem o ponto da situação.

Em declarações à imprensa, Aurélio Martins, líder do MLSTP/PSD, deplorou o comportamento na Assembleia Nacional, e pediu à comunidade internacional que exerça a sua influência para que haja paz e tranquilidade em São tomé e Príncipe.

 Por seu turno, o PCD, segunda força da oposição, manifestou apreensão quanto à actual situação política.

Entretanto, o líder da bancada parlamentar  do MLSTP-PSD, Jorge Amado, pediu desculpas pelo comportamento de alguns membros da oposição, e pelo seu próprio comportamento, ao destruir a urna durante a plenária da Assembleia Nacional.

Recorde-se que ontem foram eleitos os cinco juízes do novo Tribunal Constitucional, que estará em funções pela primeira vez na história de São Tomé e Príncipe como órgão autónomo.  

Mas, antes desta eleição, o País tinha vivido alguma momentos de  tensão, e o conclave foi mesmo alvo de muita agitação entre deputados da maioria governamental e da oposição.

Oiça aqui a reportagem de Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé :

 

Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé 16/01/2018 ouvir