rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Publicado a • Modificado a

Tensão baixou em São Tomé e Príncipe

media
Primeiro - ministro santomense, Patrice Trovoada DR

O Parlamento santomense elegeu, esta Segunda - feira, os cinco juízes do novo Tribunal Constitucional. Foram eleitos José Bandeira ex-presidente do S. Tribunal de Justiça, Carlos Sctok, ex –juiz conselheiro do extinto Tribunal Constitucional, Jonas Gentil, professor de direito da universidade Lusíada, Kótia Menezes, magistrada, e Fábio Sardinha, Procurador da República.

 


Os cinco juízes foram eleitos com 32 votos da maioria parlamentar da ADI, mas os deputados da oposição estiveram ausentes no acto da votação.

Com esta eleição, abre-se o caminho para o funcionamento do Tribunal Constitucional, que vai estar em execução pela primeira vez na história de São Tomé e Príncipe como órgão autónomo.

Antes da votação, o conclave foi alvo de muita agitação entre deputados da maioria da ADI e os da oposição, nomeadamente do MLSTP-PSD, PCD e UDD. A sessão parlamentar foi várias vezes interrompida, e a polícia foi chamada a manter a ordem.

Fora do edifício que acolhe o Parlamento santomense estavam concentrados os apoiantes da ADI munidos de cartazes a favor do Governo, e num perímetro mais distante - perante o cordão policial - eram visíveis manifestantes apoiantes da oposição, que igualmente exibiam cartazes contra o executivo e o partido que o apoia.

Oiça aqui a reportagem de Maximino Carlos, correspondente da RFI em São Tomé :

 

Correspondência de Maxmino Carlos, em São Tomé 15/01/2018 ouvir