rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Incêndio Japão Criminoso Mortos Feridos Filme de Animação Polícia combustíveis Shinzo Abe

Publicado a • Modificado a

Pelo menos 33 mortos e 36 feridos em incêndio criminoso em Quioto

media
Vista aérea do edifício da Kyoto Animation, incendiado criminosamente a 18/07/2019 Kyodo/via REUTERS

Pelo menos 33 pessoas morreram e 36 estão hospitalizadas devido a um incêndio alegadamente de origem criminosa, ateado na manhã desta quinta-feira num estúdio de animação cinematográfica em Quioto.


O balanço é ainda provisório, pois segundo os bombeiros 10 feridos estão em estado grave, ou mesmo muito grave.

O maior número de vítimas foi encontrado no terceiro e último andar do edifício da Kyoto Animation situado num bairro residencial de Quioto, a antiga capital do Japão, a cerca de 450 kms de Tóquio, no centro sul do arquipélago.

O incendiário, um homem de 41 anos de idade que já admitiu a culpa, teria sido visto pouco antes numa estação de serviço, enchendo bidões de combustível.

Incêndio criminoso em Quioto 18/07/2019 ouvir

Ele foi detido no local do incêndio, está hospitalizado e ateou o fogo cercando todo o edifício com combustível e gritando "vocês vão morrrer", o que forçou as pessoas a procurarem outras saídas e retardou a fuga dos mais de 70 funcionários e visitantes, que se encontravam no local, segundo a televisão pública NHK.

As chamas propagaram-se tão rapidamente, que impediram o funcionamento dos sistemas de alarme e das portas corta-fogo.

O primeiro-ministro Shinzo Abe confirmou a origem criminosa do incêndio e através da rede Twitter expressou as suas "condolências às vítimas do incêndio" e afirmou "rezar pela recuperação mais rápida possível dos feridos".

Foi lançado um apelo para ajuda financeira às vítimas, que em poucas horas arrecadou mais de 460.000 dólares.

A Kyoto Animation é uma famosa empresa que produz desenhos animados, cria personagens, projecta e vende productos derivados de "mangas" - tipo de banda desenhada japonesa - como Munto, Lucky Star, Melancolia e K-On!

Este incêndio foi o mais mortífero desde 2001, quando 44 pessoas morreram, na sua maioria asfixiadas, num edifício de salas de jogo no bairro de Kabukicho, em Tóquio, incêndio cuja origem é provavelmente também de origem criminosa segundo a polícia e cujo inquérito prossegue.