rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Irão Revolução Soldado Urânio Arsenal Nuclear Estados Unidos Terrorismo Israel África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Tensão aumenta entre os Estados Unidos e o Irão

media
Hassan Rohani, visitando instalações neste dia 9 de abaril, dia da tecnologia nuclear iraniana AFP

O presidente iraniano, Hassan Rohani acusou hoje os Estados Unidos de estarem à frente do "terrorismo internacional", um dia depois de Washington ter classificado os Guardiães da Revolução iranianos como uma "organização terrorista". Isto com o Irão a lançar-se, no enriquecimento do urânio, para obter a bomba atómica, neste dia da tecnologia nuclear. 


O Irão acusou hoje os Estados Unidos de serem o país "líder do terrorismo internacional", uma acusação que surge depois de ontem Washington ter classificado os Guardiães da Revolução iranianos como uma "organização terrorista".

Num discurso na televisão iraniana, o presidente Hassan Rohani, declarou que os Estados Unidos têm um "rancor" aos Guardiães da Revolução que "sacrificaram suas vidas para proteger o nosso povo, a nossa revolução". 

Mais agressivo foi o comandante do CGRI, Corpo dos guardiães da Revolução islâmica, Mohsen Rezaei, que tuítou na sua conta Twitter: "Senhor Trump, diga aos vossos navios de guerra para não se abeirarem dos barcos dos guardiães da Revolução".

Desde que o presidente americano Donald Trump, foi eleito, as relações entre os Estados Unidos e o Irão, ficaram mais azedas porque o chefe da Casa Branca, anulou o acordo nuclear negociado por Obama e dirigentes do Irão e outros países, como a França ou a Alemanha, e aplicou novas sanções contra Teerão.

Irão comemora dia da tecnologia nuclear 

Mas, Teerão, continuou a defender o seu direito de enriquecer o urânio e hoje acaba de dar mais um passo em frente nessa direcção, insistindo em fabricar a bomba nuclear.

O Presidente Rohani visitou hoje uma das instalações de enriquecimento do urânio na perspectiva de obtenção de bomba atómica, no dia da tecnologia nuclear no Irão. 

Com estas novas evoluções, seguramente, que as relações entre Teerão e Washington, vão piorar. Relações que vão piorar também entre o Irão e Israel, tendo em conta que os dirigentes iranianos sempre defenderam a ideia duma bomba atómica para varrer Israel do mapa.

Israel, responde na mesma linha, com os seus dirigentes, como o primeiro-ministro, Netanyhaou a defender um ataque preventivo para destruir instalações iranianas onde se suspeita estar a ser fabricada arma nuclear.

Enfim, de notar que Teerão ameaça igualmente perturbar o transporte de petróleo no estreito de Ormuz se os Estados Unidos tentarem estrangular a economia iraniana porque a réplica do Irão será bloquear as suas exportações petrolíferas.

Aumenta tensão entre Estados Unidos e Irão 09/04/2019 ouvir