rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ecologia Greve Meio Ambiente Manifestação

Publicado a • Modificado a

Estudantes em greve pelo meio ambiente

media
Manifestação contra a falta de reacções às mudanças climáticas. JACQUES DEMARTHON / AFP

Muitos estudantes franceses faltaram esta tarde às aulas para se manifestarem pelo clima. "Faltamos às aulas porque não serve de nada ir à escola se não temos futuro", justificam os alunos. Em França, o ponto de encontro desta sexta-feira foi o ministério da transição ecológica e solidária para o meio ambiente.


De saco nas mãos, os estudantes trocam a sala de aula pelas ruas, onde passam a tarde a apanhar lixo do chão em protesto à falta de cuidado pelo meio ambiente.

A presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo, diz apoiar "totalmente as iniciativas da estudante sueca Greta Thunberg, as greves à sexta-feira" ou ainda "a manifestação do próximo 15 de Março".

Anne Hidalgo, defensora da transição ecológica, considera que as greves são "a única via" para mudar "os nossos hábitos". A presidente da Câmara de Paris contou que costuma dizer, muitas vezes, aos jovens que caso deixem "os mais velhos manterem-se no poder, vão continuar a ser conservadores e não vão ter o vosso olhar".

Também Fernando Mediana, Presidente da Câmara de Lisboa, defende a importância de dar voz aos mais jovens, mas "mais do que dar-lhes voz e instrumentos é dar-lhes as ferramentas para que possam participar na criação das soluções para podermos enfrentar esta batalha".

"Não existe um segundo planeta", "A utopia é pensar que podemos continuar a viver assim", "Em 2017, produziram-se 300 milhões de toneladas de plástico. Não queremos comer peixe cheio de plástico", são algumas palavras de ordem que se podem ler nos cartazes erguidos por estudantes.

Peça da greve dos estudantes pelo clima 08/03/2019 ouvir