rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Índia Paquistão Caxemira Violência Ataque

Publicado a • Modificado a

Escalada de tensão entre a Índia e o Paquistão

media
Escalada de tensão entre a Índia e o Paquistão REUTERS/Danish Ismail/File Photo

O Exército do Paquistão afirmou, esta quarta-feira, ter abatido dois aviões indianos dentro do seu espaço aéreo. Do outro lado a versão é outra, a Índia garantiu ter derrubado um avião paquistanês, depois da "violação" do espaço aéreo indiano por aviões paquistaneses. A França já veio pedir aos dois países que acabem com a escalada de violência na região da Caxemira.


O porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros francês que reconheceu a preocupação das autoridade e apelou à Índia e ao Paquistão que acabem com a escalada de violência registada nos últimos dias na região de Caxemira.

Esta quarta-feira, o Exército do Paquistão afirmou ter abatido dois aviões indianos dentro do seu espaço aéreo e a captura de dois soldados, do outro lado a versão é diferente, a Índia garantiu ter derrubado um avião paquistanês, depois da "violação" do espaço aéreo indiano por aviões paquistaneses.

A escalada de tensão entre as duas potenciais nucleares acontece depois de um "ataque preventivo" da Índia ao Paquistão, na terça-feira. As autoridades indianas divulgaram ter atingido "o maior campo de treinos" do grupo islâmico Jaish-e-Mohammed, que reivindicou o ataque suicida de 14 de Fevereiro na Caxemira indiana, onde morreram 42 membros de uma força paramilitar.

Apesar da escalada de tensão, os governos dos dois países tem estado a apelar ao bom senso e ao diálogo. A região montanhosa de Caxemira é disputada pela Índia e pelo Paquistão desde 1947 e esteve na origem de duas guerras.