rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Laos Barragem Acidente China Tailândia

Publicado a • Modificado a

Centenas de desaparecidos no colapso de uma barragem no Laos

media
Imagens aéreas da zona inundada Handout / ABC LAOS / AFP

Centenas de desaparecidas no Laos depois do colapso de uma barragem na província de Attapeu, no sudoeste do país. A imprensa local avança que a barragem tinha mais de cinco mil milhões de litros de água.


O colapso da barragem de Xe Pian Xe Namnoy atingiu pelo menos seis aldeias. A agência de notícias local, KPL, fala em “várias mortes” e “centenas de desaparecidos”.

O acidente aconteceu na última madrugada. A imprensa local avança que a barragem tinha mais de cinco mil milhões de litros de água, o equivalente a dois milhões de piscinas olímpicas.

As causas que levaram ao colapso da barragem, cuja conclusão da construção estava prevista para 2019, ainda não são conhecidas. Todavia, o principal operador tailandês do projecto (Ratchaburi Electricity Generating Holding) diz ter recebido um relatório da companhia que explorava a barragem (Xe-Pian-Xe Namnoy Power Company) a confirmar que uma represa tinha “colapsado”. “O acidente foi provocado pelas chuvas continuadas que levaram à acumulação de importantes quantidades de água no reservatório” da barragem.

A barragem de Xe Pian Xe Namnoy, é um projecto de mil milhões de dólares e estava em construção desde 2013.

Esta barragem, situada num afluente do rio Mekong, na província de Attapeu, estava a ser construída por companhias sul coreanas, com participações do Laos e da Tailândia.

Dezenas de barragens, financiadas maioritariamente pela china, estão actualmente em construção no Laos, que exporta a maior parte da sua energia hidroeléctrica para os países vizinhos.