rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Arménia Eleições Nikol Pachinian

Publicado a • Modificado a

Arménia: líder da oposição eleito primeiro-ministro

media
Nikol Pachinian foi eleito novo primeiro-ministro esta terça-feira Sergei GAPON / AFP

O líder da oposição arménia, Nikol Pachinian, foi eleito primeiro-ministro pelo parlamento da antiga República Soviética que vive há três semanas por protestos contra o Governo.


Como único candidato na disputa, o deputado da oposição e antigo jornalista Nikol Pachinian precisava de 53 votos para ser eleito; foi apoiado por 59 deputados contra 42.

Esta é a segunda votação no parlamento arménio nos últimos oito dias sobre a candidatura de Nikol Pachinian, de 42 anos, que não tinha conseguido recolher apoio suficiente na votação do dia 1.º de Maio.

Nikol Pachinian, de 42 anos, era o único candidato na disputa após a oposição rejeitar qualquer possibilidade de votar a eleição de um representante do Partido Republicano.

A escolha Nikol Pachinian aconteceu na sequência da demissão de Serge Sarkissian, a 23 de Abril, depois de grandes protestos anti-governamentais em todo o país.

Nikol Pachinian liderou nas últimas semanas muitos dos protestos pacíficos que tomaram conta do país, que está em turbulência política.

Apesar da sua eleição, o Partido Republicano, contra o qual Nikol Pachinian se opõe, continua a ter a maioria no parlamento.

Os protestos concentraram-se na frustração com a pobreza generalizada e a corrupção no país, assim como com as manobras políticas do ex-Presidente Serge Sarkissian para se eleger primeiro-ministro e permanecer indefinidamente como líder do país.

Serge Sarkissian pediu demissão do cargo de primeiro-ministro seis dias após a sua nomeação.