rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Grã-Bretanha Eleições Autárquicas Theresa May Brexit

Publicado a • Modificado a

Conservadores evitam o pior nas autárquicas britânicas

media
Próxima etapa para Theresa May, a Cimeira da União Europeia de Junho em Bruxelas. REUTERS/Francois Lenoir

A rotunda derrota dos conservadores que se antevia nas autárquicas de ontem na Grã-Bretanha não aconteceu. Nestas eleições cujo objectivo era renovar as entidades locais, eleiçoes tradicionalmente complicadas para o partido no poder, tanto mais que Theresa May colocada em dificuldade pela sua gestão do dossier Brexit, também perdeu a sua maioria nas legislativas de Junho de 2017, o campo governamental conseguiu manter uma posição razoável, apesar de ser minoritária.


De acordo com dados provisórios abrangendo a quase totalidade dos conselhos, sobre os 4300 assentos em jogo nos cerca de 150 conselhos municipais do país, designadamente Londres, Manchester ou Leeds, os conservadores obtiveram 1329 eleitos, ou seja, perderam 29 assentos comparativamente às eleições locais de 2014. Paralelamente, os trabalhistas obtiveram 2299 assentos, ou seja 57 eleitos suplementares enquanto o partido anti-imigração Ukip que tinha feito campanha pelo Brexit, perdeu 123 assentos, ou seja a quase totalidade dos seus eleitos.

Os trabalhistas conquistaram Birmingham no centro, Sheffield no norte do país, e sobretudo mantiveram o seu controlo sobre Londres. Todavia, na capital, os conservadores conseguiram manter os seus bastiões históricos, nos bairros de Boroughs, Westminster, Kensington, Chelsea e Barnet, apesar dos trabalhistas terem alimentado esperanças de conquistar esta última zona do norte de Londres.

Theresa May nao escondeu a sua satisfação com este resultado, mas isso não significa que deixe de estar sob pressão. O acordo sobre o Brexit previsto para entrar em vigor no dia 29 de Março de 2019 continua por finalizar. A União Europeia com qual a Grã-Bretanha tem uma cimeira marcada para Junho, continua à espera de propostas concretas relativas à espinhosa questão das fronteiras e do seu futuro dispositivo aduaneiro.