rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Espanha Terrorismo Independentistas

Publicado a • Modificado a

Espanha: ETA anunciou a sua dissolução

media
Popular com bandeira basca no fim de uma manifestação de apoio aos presos da ETA em Bilbau a 21 de Abril de 2018. REUTERS/Vincent West

O grupo separatista basco ETA anunciou a dissolução de todas as estruturas e o fim de toda a actividade política. Numa carta datada de 16 de Abril e publicada esta quarta-feira no jornal espanhol el Diario, a  ETA afirma que decidiu dar por terminado o ciclo  histórico e as funções do grupo.


Depois de mais de 50 anos de campanha pela independência da comunidade autónoma espanhola do País Basco, actos que provocaram a morte de cerca de 850 pessoas, a ETA decidiu por um fim a este percurso.

O grupo tinha declarado um cessar-fogo em 2011 e entregou depois as suas armas.

Tratava-se da última insurreição armada da Europa ocidental.

Este anúncio não satisfaz, porém, as vítimas dos atentados cometidos tanto em território espanhol como francês já que o país basco é uma entidade geográfica e etnica situada entre o sudoeste da França e o noroeste de Espanha.

As associações das vítimas pedem que a organização se arrependa e cesse as homenagens aos seus militantes e a ETA alega que o território basco mantém-se em conflito tanto com Madrid como com Paris.