rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Futebol Liga dos campeões Real Madrid Cristiano Ronaldo golo Bola de Ouro Juventus

Publicado a • Modificado a

A "obra de arte" de Cristiano Ronaldo

media
O golo de pontapé de bicicleta de Cristiano Ronaldo face à Juventus, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões. 3 de Abril de 2018. Alberto PIZZOLI / AFP

Uma “obra de arte” é a forma como a imprensa italiana descreveu o golo de pontapé de bicicleta de Cristiano Ronaldo, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, em que o Real Madrid venceu a Juventus por 3-0. O golo foi seguido por aplausos dos adeptos da Juventus.


A imprensa italiana desta quarta-feira classificou como uma "obra de arte" o golo com um pontapé de bicicleta de Cristiano Ronaldo. O "Corriere dello Sport" escolheu esse título para manchete, o "La Gazzetta dello Sport" escreveu "CR WOW", o "La Repubblica" optou pela palavra "magia" e o "Corriere della Sera" definiu o português como um "fenómeno".

Do lado português, "A Bola" escreve: “És o maior”, "O Record" diz que Ronaldo “é do outro mundo” e "O Jogo" caracteriza-o como “monumental”, enquanto o desportivo espanhol "Marca" resume: "O Golo".

Ronaldo marcou dois golos no triunfo do Real Madrid na casa da Juventus (3-0), com o segundo a ser uma autêntica “obra-prima”, e ainda assistiu o brasileiro Marcelo no terceiro tento “merengue”. Assim, os actuais bicampeões europeus ficam praticamente apurados para as meias-finais.

Aos 64 minutos, após centro de Carvajal, Ronaldo respondeu com um pontapé de bicicleta e deixou o guarda-redes Buffon colado ao relvado, numa acção que vai ficar na história da Liga dos Campeões como um dos melhores golos de sempre da prova. O estádio aplaudiu e Ronaldo agradeceu.

Depois, em declarações ao site da UEFA, o português disse que ser aplaudido pelos adeptos da Juventus “foi apenas excelente” e algo que “nunca tinha acontecido” na sua carreira.

Grande golo. O que posso dizer? Fantástico. Não esperava marcar aquele golo, mas vamos falar do jogo. Penso que o jogo foi incrível. Marcámos três golos à Juventus, uma grande equipa. Jogámos bem e, como é óbvio, estou feliz. Ajudei a equipa, marquei dois golos, foi uma grande noite”, afirmou “CR7”.

Em declarações à Real Madrid TV, Ronaldo disse que é "seguramente" o seu melhor golo: "Foi espectacular e saltei muito alto. É um golo que fica na memória e é, seguramente, o meu melhor golo."

Depois do golo, os aplausos e agradecimentos 04/04/2018 ouvir

O treinador do Real Madrid e protagonista de um outro golo mítico da Champions, na final de 2002, Zinedine Zidane, descreveu o golo como “um dos melhores da história do futebol”.

Cristiano faz coisas únicas e podemos dizer que marcou um dos melhores golos da história do futebol”, afirmou Zidane na conferência de imprensa, acrescentando, com um sorriso: “Se calhar não é tão bonito como o meu de Glasgow, mas é o mais recente que conta”.

Cristiano Ronaldo marcou pelo décimo jogo seguido na Liga dos Campeões, um novo recorde na competição, somando 14 golos nesta edição.

Hoje, disputam-se os restantes dois jogos dos quartos-de-final, com o FC Barcelona a receber a Roma e o Liverpool - “carrasco” do FC Porto - a defrontar em Anfield Road o Manchester City.