rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Ciência
rss itunes

China à conquista do Espaço

Por Marco Martins

No Magazine Ciência desta semana o destaque vai para a agência espacial chinesa CNSA. A estação espacial Tiangong-1 entrou na atmosfera na madrugada da segunda-feira 2 de Abril e ardeu na sua grande maioria durante a reentrada na atmosfera terrestre, e os restos terão caído no sul do Oceano Pacífico, anunciou a administração de Pequim.

A estação, conhecida como Palácio Celeste, com mais de 10 metros, era a pérola do programa espacial chinês, o protótipo da estação espacial permanente que o país espera lançar para o espaço por volta de 2022. O Palácio Celeste foi colocado em órbita em Setembro de 2011 e estava programado para fazer uma entrada controlada na atmosfera. Porém, deixou de funcionar em Março de 2016. Para substituir a primeira estação espacial, já foi lançado o Tiangong 2, em Setembro de 2016.

Cláudio Moisés Paulo, astrofísico moçambicano, afirmou que estes testes reforçam a ideia chinesa de entrar na luta pela conquista especial, começando por abordar o caso Tiangong 1.

Na Guiné-Bissau desovam cinco das sete espécies de tartarugas marinhas

Portugal ganha medalhas de ouro e bronze nas Olimpíadas da Ciência da UE