rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

EUA China Guerra Comercial Novas Tarifas Importações

Publicado a • Modificado a

Guerra comercial entre os EUA e a China?

media
O Presidente dos EUA, Donald Trump. REUTERS/Jonathan Ernst

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou ontem novas tarifas às importações de aço e alumínio, tendo como principal alvo a China. Pequim ripostou, esta sexta-feira, e afirmou que Donald Trump precisa de levar a sério a posição da China e fazer uma decisão racional.


O ministro chinês do Comércio ameaçou Washington com taxas sobre as importações americanos em produtos como a carne de porco, aço, frutos ou mesmo vinho, que representam três mil milhões de dólares em 2017.

A China pediu ainda aos Estados Unidos para repensarem a decisão que poderá levar a uma a uma "guerra comercial". As declarações surgem depois da administração Trump ter anunciado, esta quinta-feira, medidas proteccionistas que poderão afectar as importações chinesas na ordem dos 60 mil milhões de dólares.

Os Estados Unidos planeiam ainda denunciar a China perante a Organização Mundial do Comércio (OMC) por alegadas práticas discriminatórias na atribuição de licenças tecnológicas.

A escalada das tensões entre Pequim e Washington está a preocupar os mercados financeiros, com os investidores a preverem consequências nefastas para a economia global se começarem a ser erguidas barreiras comerciais.

Há duas semanas, a administração norte-americana anunciou a aplicação de taxas alfandegárias de 25% sobre as importações de aço e de 10% sobre as de alumínio, porém as empresas europeias ficaram por agora isentas de qualquer aumento de tributação.