rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Festival Música Portugal Cabo Verde

Publicado a • Modificado a

Lisandro não será a voz da França

media
Lisandro Cuxi, artista português de origem cabo-verdiana em França. RFI/Miguel Martins

« Mercy » é a canção que vai representar a França no Festival Eurovisão, em Lisboa , no mês de Maio. O dueto Madame Monsieur foi o mais votado do público, ultrapassando Lisandro Cuxi, e a sua canção, « Eva ».


A música de Lisandro Cuxi ficou em segundo lugar. O português de origem cabo-verdiana chegara, porém, à primeira posição após a votação dos júris, a votação do público representando 55% do total inverteu a tendência.

As oito canções finalistas tinham sido seleccionadas mediante a votação de um júri em França nos dois fins de semana anteriores.

Tratava-se de um júri composto por três músicos : Christophe Willem, revelado por um concurso televisivo de descoberta de talentos vocais, o franco-israelita Amir, que já representou o país na Eurovisão, e a cantora Isabelle Boulay do Quebeque, província francófona do Canadá.

Votavam igualmente júris no estrangeiro, nomeadamente da Itália, Bielorussia e Suécia.

Como na final da Eurovisão a novidade da final francesa deste sábado foi a votação do público cujo peso primava sobre os resultados dos júris (55% para o público).

Um cenário que ditou a vitória de « Mercy » do dueto Madame, Monsieur... E isto em detrimento de « Eva » de Lisandro Cuxi.

O português de origem cabo-verdiana, de apenas 18 anos, conta com um álbum de estreia desde Setembro de 2017 "Ma bonne étoile", após a sua vitória em Junho no concurso televisivo « The Voice ».

Ele fora revelado ao público dois anos antes na respectiva versão infantil « The Voice Kids ».

Lisandro Cuxi nasceu perto da capital portuguesa há 18 anos, filho de pais cabo-verdianos que se instalaram em Cannes, sul de França, em 2009.