rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Brasil ganhou (2 a 0) à Costa Rica, mas só nos descontos

Brasil Luiz Inácio Lula da Silva Corrupção Justiça

Publicado a • Modificado a

Brasil: PT oficializa Lula à presidência

media
Lula da Silva, ex-presidente do Brasil NELSON ALMEIDA / AFP

O PT formalizou esta quinta-feira a candidatura de Lula da Silva à presidência do Brasil. Uma decisão que surge um dia depois de o ex-presidente ter sido condenado a 12 anos de prisão, por corrupção e branqueamento de capitais.


"Estamos lançando a pré-candidatura de Lula à presidência da República", as palavras são de Gleisi Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores. A força política que apoia o antigo presidente brasileiro confirmou, assim, a decisão de formalizar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência do Brasil.

O anúncio do PT surge um dia depois de Lula da Silva ter sido condenado por corrupção passiva.

Esta quarta-feira, a justiça, em segunda instância, ratificou a condenação por corrupção passiva do ex-presidente brasileiro. Uma decisão adoptada por unanimidade pelos três juízes desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Cabe agora à justiça eleitoral decidir se Lula da Silva pode ou não entrar na corrida às presidenciais previstas para Outubro.

Oo ex-presidente brasileiro foi condenado a uma pena de prisão de doze anos e um mês por corrupção e branqueamento de capitais. Para recorrer da sentença a defesa do ex-inquilino do Palácio do Planalto terá de passar ao Superior e depois ao Supremo.

Já ontem depois do anúncio da sentença, Lula da Silva anunciava a sua vontade se ser candidato às eleições presidenciais.

Lula da Silva, ex-Presidente do Brasil 25/01/2018 ouvir

Any Ortiz, deputada do Partido Popular Socialista, regozija-se com a decisão judicial, provando que ninguém está acima da lei.

Any Ortiz, deputada do Partido Popular Socialista 25/01/2018 ouvir

O ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, é acusado de ser proprietário de um apartamento triplex oferecido por uma construtura envolvida no escândalo da Petrobras.