rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Apec Tufão Vietname

Publicado a • Modificado a

Tufão Damrey causa dezenas de vítimas no Vietname

media
Pessoas esperam socorro em cima do telhado, numa rua de Hoi An, património mundial da Unesco, depois da passagem do tufão Damrey, a 6 de Novembro de 2017. REUTERS/Kham

O tufão Damrey causou pelo menos 61 mortos, e cerca de 19 pessoas foram dadas como desaparecidas, no Vietname. Esta catástrofe natural ocorrre a poucos dias da reunião da Cimeira do Fórum de Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC) neste país, mas as autoridades asseguram que esta reunião mundial terá lugar.


A tempestade atingiu o país a partir de Sábado e, de acordo com a agência estatal de gestão de desastres, foi a mais violenta a atingir a costa sul do país desde há décadas.

Para lá das vítimas mortais e dos desaparecidos, os danos materiais são enormes. Mais de 40.000 casas foram destruidas pelas chuvas torrenciais, e os ventos atingiram os 130 km/h, devastando toda a região.

A cidade de Danang, sede da reunião da APEC, que deverá receber os Presidentes dos Estados Unidos, China e Rússia, não sofreu grandes danos materiais. Mas a cidade histórica de Hoi An, património mundial da Unesco, e que consta do programa de visitas das esposas dos governantes presentes na Cimeira, está completamente inundada.

A província costeira de Khanh Hoa foi a mais duramente afectada, e aí se registaram várias mortos e feridos. Mais de 30.000 pessoas, incluindo turistas estrangeiros, tiveram de ser evacuadas, antes da passagem do tufão.

Desde o início de 2017, o Vietname já foi atingido por uma dezena de grandes tempestades que causaram já mais de 240 mortos ou desaparecidos.