rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Portugal Eleições Autárquicas Política António Costa Pedro Passos Coelho

Publicado a • Modificado a

Portugal: socialistas dominaram eleições autárquicas

media
Fernando Medina, candidato socialista reeleito para a Câmara municipal de Lisboa, capital portuguesa Lusa

Os socialistas obtiveram cerca de 38% dos votos nas eleições autárquicas deste domingo em Portugal. António Costa, primeiro-ministro de um governo de esquerda, fala "na maior vitória da sua história".


António Costa que lembrou este resultado ser uma derrota expressiva para a "direita portuguesa".

O PS, Partido socialista, consegue 158 câmaras municipais em 308, um resultado superior ao que fizera nas autárquicas de 2013.

A Câmara municipal de Lisboa, a capital, mantém-se sob liderança dos socialistas, sob a batuta de Fernando Medina.

No Porto, segunda cidade portuguesa, foi o independente Rui Moreira a apoderar-se da autarquia.

Um desaire para o Partido social democrata (PSD) do ex primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

Este admitiu que esta era uma derrota "muito pesada", excluindo a hipótese de se demitir, mas deixando a entender que faria uma reflexão sobre se faria sentido voltar a candidatar-se à liderança do seu partido de centro direita.

Os "laranjas", sozinhos ou coligados, não foram além dos 30%, com 96 câmaras conquistadas, número inferior ao anterior escrutínio autárquico de 2013.

Outro grande perdedor do escrutínio foi o aliado comunista dos socialistas que, com outros elementos da esquerda, viabilizaram uma coligação que sustenta o governo actual.

Um executivo que se mantém em funções de forma inédita em Portugal, não obstante nas últimas eleições legislativas terem sido os sociais-democratas os mais votados, mas sem maioria absoluta.