rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

México Sismo Terramoto Furacão Oceano Pacífico

Publicado a • Modificado a

Sismo no México fez pelo menos 90 mortos

media
Sismo de magnitude 8.1 atingiu o México emsc-csem.org

Um forte sismo de magnitude de 8,1 na escala de Richter no sul do México provocou a morte a mais de 90 pessoas. O terramoto fez-se sentir pouco antes da meia-noite de quinta-feira (hora local). Segundo o centro geológico americano USGS, o epicentro foi localizado no Oceano Pacífico a 87 km a sudoeste de Pijijiapan, no estado de Chiapa, a uma profundidade de 69,7 km.


O tremor de terra aconteceu às 23h49 locais (04h49 TMG), apanhando de surpresa os habitantes que se pararavam para dormir. O sismo desta madrugada trouxe à memória dos mexicanos o traumático sismo de Setembro de 1985 que provocou a morte a mais de 10.000 pessoas.

O estado mais afectado pelo sismo desta quinta-feira é o de Oaxaca, no sul, com o registo de pelo menos 90 mortos.

“Trata-se do sismo mais forte do último século”, declarou o presidente mexicano Enrique Peña Nieto.

O México situa-se num ponto de encontro de cinco placas tectónicas e regista uma forte actividade sísmica.

Ao microfone da RFI, Sérgio Esperancinha, doutorado em Geologia Estrutural, explicou que o sismo ocorrido esta madrugada é fruto de um evento geológico no interior da placa de Coco. Trata-se de um mecanismo de falha normal, uma falha em que uma massa rochosa se move no sentido descendente relativamente ao plano de falha.

Sérgio Esperancinha, doutorado em Geologia Estrutural 08/09/2017 ouvir

Em Setembro de 1985, um sismo de 8.1 na escala de Richter devastou uma grande parte da capital do país, além de ter feito milhares de mortos. Na sequência desse tremor de terra, as autoridades mexicanas reforçaram a regulamentação em matéria de construção e desenvolveram um sistema de alerta com a ajuda de sensores localizados na costa.

Frequentemente atingido por catástrofes naturais, o país organizou-se igualmente para fazer face aos furacões. O México prepara-se, neste momento, para o furacão Katia, que deve atingir o estado de Veracruz (este) em categoria 2, onde se temem deslizamentos de terras que poderão ser fatais.