rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Croácia apurou-se para oitavos de final derrotando a Argentina por 3 a 0

Estados Unidos Furacão Chuvas Texas

Publicado a • Modificado a

Estados Unidos : Furacão Harvey chegou à Luisiana

media
Muitas famílias tiveram de deixar as suas casas, em Houston ( Texas), depois da passagem do furacão Harvey, a 28 de Agosto REUTERS/Adrees Latif

Cinco dias depois de ter atingido o Texas sob a forma de um furacão, Harvey   chegou à Louisiana nesta quarta-feira, como uma tempestade tropical. O Oeste deste Estado norte-americano está a ser atingido por ventos da ordem dos 72 km/h, e espera-se entre 130 e 250 mm de chuva na região.


Segundo o Centro Nacional de Furacões Harvey atingiu Cameron com "chuvas torrenciais". As enxurradas inundaram zonas do Sudeste do Texas e Sudoeste da Louisiana, que já tinha sido declarada em estado de emergência na passada Segunda-feira pelo presidente Donald Trump.

O presidente norte-americano visitou nesta Terça-feira as zonas do estado do Texas afectadas pelas inundações, e enviou uma mensagem de solidariedade.  

"Queremos que dentro de cinco ou dez anos nos digam que reagimos como tinha de ser feito", afirmou Donald Trump na cidade de Corpus Christi, indicando que a subida das águas tinha atingido uma dimensão "épica".

Trump prometeu o apoio do governo federal no "longo e difícil caminho da recuperação" do Texas, o segundo maior Estado do País, onde mais de 8.000 pessoas foram levadas para abrigos de emergência, e centenas ainda esperam ser resgatadas das  inundações.

O edil  de Houston, Sylvester Turner,  declarou  que o número de desalojados subiu para  nove mil pessoas e  que  o seu município necessita  de uma ajuda suplementar.

 

Sylvester Turner .Presidente da Câmara Municipal de Houston 30/08/2017 ouvir

Tínhamos registado o  número  de  cinco mil desalojados , agora  o mesmo subiu para nove  mil. Nós  estamos à procura de outros lugares para instalar abrigos.Nós descobrimos dois  grandes lugares para abrigos noutras localidades, mas  são abrigos  suplementares  que vão ser instalados.  Na  realidade nós estamos a  providenciar abrigo , não só para  os  habitantes  de Houston  mas  também para  as pessoas  das suas  redondezas, que  sofreram o impacto  directo do  furacão. Não estamos a rejeitar ninguém. Mas  isso  significa  que nós  teremos  de melhorar  a nossa eficácia e capacidades. A  esse  respeito  efectuamos  um pedido oficial . Nós precisamos  de uma ajuda  suplementar. Pedimos para que sejam enviados mantimentos e agasalhos, comida  para  mais dez mil  pessoas. (Sylvester Turner)