rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Paris Jogos Olímpicos

Publicado a • Modificado a

Comissão de Avaliação do C.O.I. visitou Paris

media
O Presidente Emmanuel Macron, ladeado por Patrick Baumann e Guy Drut, em sinal de apoio aos J.O. 2024 (16 de Maio de 2017 ) AFP/STEPHANE DE SAKUTIN

O Presidente francês, Emmanuel Macron, recebeu hoje a Comissão de Avaliação do Comité Olímpico Internacional (COI) no Palácio do Eliseu. A delegação do COI chegou a Paris no Domingo passado, para uma visita de três dias, durante a qual estudou a candidatura da capital francesa à organização dos J.O. 2014.


"Paris deve transmitir optimismo, e a mobilização de todos os nossos compatriotas, e eu acompanhar-vos-ei plenamente nesse trabalho que é o vosso, a organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2014".

Esta frase, proferida por Emmanuel Macron, no Domingo passado, durante a cerimónia de tomada de posse, destinava-se a Anne Hidalgo, Presidente da Câmara Municipal de Paris, e mostra a vontade férrea do novo  Presidente francês em apoiar a candidatura de Paris à organização dos J.O 2014. 

Guy Drut, campeão olímpico francês dos 100 metros barreiras, em 1976, é hoje membro do COI e da Comissão Paris 2024. Ele esteve hoje em Paris, em companhia da Comissão de Avaliação do Comité Olímpico, e do Presidente francês. Segundo disse à imprensa, "o Presidente Emmanuel Macron prometeu a Patrick Baumann (presidente da Comissão de Avaliação) que estará, com certeza, em Lausanne, na Suiça, no princípio do mês de Julho para a apresentação do relatório do COI, e depois deslocar-se-á a Lima, capital do Perú, a 13 de Setembro", dia em que será anunciada a cidade que receberá os Jogos Olímpicos de 2024.

"É a visão global dos J.O. que marcará a diferença entre as duas candidaturas, técnicamente muito fortes", estimou hoje Patrick Baumann, Presidente da Comissão de Avaliação do C.O.I., ao concluir a sua visita de inspecção da candidatura de Paris para a organização dos J.O. 2014, à qual concorre igualmente a cidade norte-americana de Los Angeles.

De notar que a Comissão de Avaliação não se reuniu com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, quando visitou aquele País, para avaliar a candidatura de Los Angeles.