rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Itália Avalanche Sismo Hotel Vítimas Tempestade

Publicado a • Modificado a

Avalanche mortífera no centro de Itália

media
O Hotel Rigopiano de Farindola, atingido por uma avalanche . 19 .01.2017 Vigili del Fuoco/Handout via REUTERS

Segundo as autoridades competentes , após a avalanche ocorrida no centro da Itália, próximo das zonas recentemente atingidas por um tremor de terra, não foi recuperado nnehum sobrevivente O alerta tinha sido dado no fim da tarde de quarta-feira, mas os socorristas só conseguiram chegar a noite à Farindola, zona sinistrada ,depois de uma longa caminhada em esquis, sob uma violenta tempestade de neve.


  De acordo com Luca Cari, porta-voz do corpo de bombeiros italiano, a situação na região de Farindola é dramática. Não existe nenhum sinal de vida porque a avalanche fez com que a estrutura do hotel desabasse. Cari, informou que prosseguem as buscas para recuperar os corpos. Duas pessoas sofrendo de hipotermia foram socorridas no exterior do hotel e duas vítimas extraídas dos escombros.

 Os responsáveis da Protecção Civil , citados pela imprensa , informaram que havia na quarta-feira 22 clientes e 7 membros do pessoal do Hotel Rigopiano, um edifício elegante de três andares , dispondo de uma piscina aquecida e de uma sauna, situado próximo de Farindola, na região de Abruzzes. Segundo as imagens aéreas disponibilizadas pelos bombeiros, revelam o hotel práticamente enterrado, bem como viaturas viradas e parcialmente sob a neve . A polícia italiana filmou o interior do hotel , mostrando o hall de entrada e os corredores vazios, mas aparentemente intactos.

 Farindola situa-se à pouco mais de cinquenta quilómetros em linha recta da região de Amatrice, atingida na quarta por uma série de abalos sísmicos , mas até ao momento não se sabe se foram os referidos tremores de terra que desencadearam a avalanche.