rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Síria Rússia Avião Acidente Vladimir Putin

Publicado a • Modificado a

Encontrados destroços do avião russo caído no Mar Negro

media
Avião russo Tu-154 REUTERS/Dmitry Petrochenko

Foram encontrados destroços do avião russo que desaparecera dos radares no Mar Negro. 


 Foram encontrados destroços do avião russo que desaparecera dos radares no Mar Negro.

O aparelho transportava militares e membros do Alexandrov Ensemble, o grupo musical oficial do Exército russo, que se deslocavam à Síria para participar nas celebrações de Ano Novo na base militar.
A bordo, seguiam 92 pessoas - 83 passageiros e oito membros da tripulação.
Destroços do avião foram encontrados a 1,5 quilómetros da costa da cidade de Sochi, a uma profundidade entre 50 e 70 metros”, segundo Igor Konashenkov, porta-voz do Ministério da Defesa russo, o qual garante que não há quaisquer sobreviventes da queda do avião.
O Alexandrov Ensemble, fundado em 1928, durante a era soviética, é considerado “um dos símbolos da cultura militar nacional”.
Entretanto, uma fonte oficial russa afirmou que o aparelho terá caído no Mar Negro devido a um problema técnico ou a um erro da tripulação, descartando assim a hipótese de um ataque terrorista.

O Presidente russo, Vladimir Putin, decretou 1 dia de luto nacional, e ordenou este domingo a formação de uma comissão de inquérito, para determinar as causas da queda do avião militar.