rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Israel Cisjordânia Palestina Ataques

Publicado a • Modificado a

Novos ataques na Cisjordânia

media
Serviços de urgência de Israel em Hebron. 01 de Novembro 2015 AFP/AFP

A tensão entre israelitas e palestinianos permanece, através do que alguns analistas qualificam de a intifada das facadas". Nesta segunda-feira um jovem palestiniano foi morto quando tentava apunhalar um militar de Israel , na Cisjordânia.Três  israelitas  foram apunhalados nas ruas  de  Rishon LeZion, no sul de Tel-Aviv por  um outros  palestiniano  de 19  anos.

 


 O ministério palestiniano da saúde informou que o jovem morto à tiro pelos militares israelitas é Ahmed Abou Rad. Rad , que era acompanhado por um outro jovem, que poderia ser Mahmoud Kemil , foi morto quando tentava a apunhalar um militar israelita num posto de controlo entre a Cisjdorânia e o norte de Israel . Ahmed Abou Rab e Mahmodu Kemil, quer conseguiu escapar, são ambos oriundos de Qabatia, uma aglomeração situada à poucos quilómetros de Jalama, referido ponto de controlo, onde já tinha ocorrido no dia 24 de Outubro outro ataque à um agente das forças de segurança de Israel. O autor foi igualmente morto.

 Segundo a polícia israelita, nesta segunda-feira foram também presos cinco palestinianos de Hebron, na localidade de Ezaria, próxima de Jerusalém. Os detidos, de acordo com os polícias israelitas transportavam na sua viatura um engenho explosivo, destinado possívelmente a cometer um atentado no sector de Hebron . Desde que começou no dia 1 de Outubro a corrente vaga de violência, só uma tentativa de atentado à bomba foi neutralizada pelas forças de segurança israelitas. Ministério dos negócios estrangeiros de Israel, declarou que o último atentado bomba data de 21 de Novembrode 2012, em Tel Aviv. No  sul  desta  cidade , no  sector  de  Rishon LeZion__ segundo as autoridades policiais__ três  pessoas  foram apunhaladas  por um  palestiniano de  19 anos, oriundo de  Hebron. Uma das  vítimas está em estado grave.