rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Assassinato Moçambique Morte Assassínio África Lusófona Polícia Crime

Publicado a • Modificado a

Moçambique: Polícia envolvida na morte de Anastácio Matavel

media
Sala da Paz: plataforma de organizações do ONGs em Moçambique Sala da Paz - Moçambique

Foram polícias a assassinar Anastácio Matavel, representante da Sala da paz em Gaza. Os agentes policiais estavam afectos a departamentos especiais da Unidade de Intervenção Rápida. A confirmação é do Comando Geral da Polícia que anunciou igualmente a criação de uma comissão de inquérito para que em 15 dias apresente o relatório pormenorizado da investigação sobre o assassínio.


Vinte e quatro horas depois a polícia confimou o envolvimento dos seus agentes no assassínio do membro da sociedade civil e de observação eleitoral, Anastácio Matavel.

Situação que obrigou a que o comandante geral da polícia suspendesse de funções os comandantes da Sub-unidade de Intervenção Rápida - Alfredo Macuacua - e da Companhia de Grupo Operações Especiais de Gaza - Tudelo Guirrugo.

E isto segundo anunciou o porta-voz da comando geral, Orlando Modumane, que anunciou ainda a criação de uma comissão de inquérito composta por oficiais superiores da polícia.

Recorde-se que Anastácio Matavel era Director Executivo da FONGA - Forum de ONGs Nacionais de Gaza - e também coordenador naquela província do Escritório de Crises da plataforma de observação eleitoral “Sala da Paz”.

Sem responder a qualquer pergunta, a polícia condenou a conduta criminosa dos seus agentes.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Correspondência de Orfeu Lisboa 08/10/2019 ouvir