rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ajuda humanitária Beira Porto Alimentação Higiene Moçambique África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Apesar do 1° contentor porquê ajuda demora a chegar a Moçambique?

media
Populares evacuados de Buzi à sua chegada à Praia Nova, na Beira, a 24 de Março de 2019. Lusa

Chegou ontem à noite ao Porto da Beira, em Moçambique, o primeiro contentor de ajuda humanitária. Mas naquele país, que foi atingido nos últimos dias por um fulminante ciclone, a pergunta que está na boca de toda a gente é porque é que a ajuda demora tanto a chegar ao país, segundo a reportagem da nossa enviada especial à Beira.


Foi descarregado ontem à noite o primeiro contentor de ajuda humanitária no porto da Beira, norte de Moçambique, onde as pessoas se interrogam sobre a demora da chegada da ajuda humanitária ao país. 

A chegada desta primeira ajuda da sociedade civil ao porto da Beira provocou momentos de alegria nos activistas e populares.

Mas mesmo assim a pergunta que muitos colocam em Moçambique é porque é que demora tanto tempo a chegada ao pais da ajuda humanitária, que se traduz em "alimentos, vestuário ou produtos básicos para a higiene?".

A nossa enviada especial, Cristiana Soares, acompanhou a chegada ao porto da Beira do primeiro contentor da sociedade civil com essa ajuda humanitária e foi a pergunta que colocou a Laurino Saraiva, representante do Movimento Unidos pela Beira.

"É verdade que muita gente está a morrer. É verdade que estamos muito atrasados, mas considerando a dinâmica do país, foi o possível", respondeu, o activista, Laurino Silva, à nossa enviada especial, Cristiana Soares.

Cristiana Soares, enviada especial à Beira, Moçambique 26/03/2019 ouvir