rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ponte Eléctrico Energia Elétrica Maputo Infraestrutura Moçambique África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Roubo de cabos de electricidade da ponte Maputo-Katembe

media
Foto da Ponte Maputo-Katembe em construção. Obra inaugurada em novembro de 2018 www.beta.co.mz

Vandalização de cabos eléctricos deixou ontem às escuras a ponte Maputo-Katembe, a maior de vão suspenso de África inaugurada a 10 de Novembro na capital moçambicana. Os autores deste acto não são ainda conhecidos, mas os prejuízos já estão avaliados em 20 mil dólares.


Desconhecidos ainda não identificados roubaram na segunda-feira cabos de média tensão que fornecem electricidade à ponte Maputo-Katembe que ficou às escuras.

A ponte Maputo-Katembe, foi inaugurada a 10 de novembro deste ano e uma das maiiores infraestruturas construídas desde a independência de Moçambique, tendo custado à volta dos 785 milhões de dólares.

De notar que a Ponte financiada e construída pela China é considerada a maior de vão suspenso de África.

"Foram cortadas secções do cabo que alimenta a estrada e a ponte e houve também tentativa de retirar componentes que se encontram por baixo do viaduto ali na barreira da Malanga, o que fez com que ficássemos todo o dia sem poder iluminar a infraestrutura", declarou Silva Magaia, Presidente da Maputo Sul, empresa responsável pela gestão da ponte

O PCA da Maputo Sul, afirma que "ainda não tem a avaliação definitiva das perdas", mas, ontem de manhã, os prejuízos já ascendiam a um milhão de meticais, pouco mais de 20 mil dólares norte-americanos.

Por outro lado, Silva Magaia, destacou ainda à imprensa a boa colaboração da EDM, Electricidade de Moçambique, que continuava hoje a trabalhar para "repor a iluminação na totalidade" na ponte Maputo-Katembe.

Silva Magaia, PCA da empresa Maputo Sul 18/12/2018 ouvir