rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

FACIM Agricultura Maputo Empresas Moçambique Cooperação/Desenvolvimento

Publicado a • Modificado a

Cai o pano em Maputo da feira internacional FACIM

media
FACIM 2018 feira internacional moçambicana termina este domingo, 2 de setembro,com balanço positivo DR/Portal FACIM

Cai hoje o pano sobre a 54a edição da FACIM, Feira Agro-Pecuária, Comercial e Industrial de Moçambique que decorre desde segunda-feira em Marracuene, na província de Maputo, sul de Moçambique.   


Os expositores anunciam ganhos da sua participação da FACIM, iniciativa anual do governo de Moçambique cujo objectivo é o de promover trocas comerciais, estimular a produção e o consumo e ainda a integração económica do país.

Esta 54a edição da FACIM, começou na segunda-feira e encerra as portas esta noite, em Ricatla, no distrito de Marracuene, na província de Maputo.

Jorge Oliveira, um expositor português falou dum balanço positivo da sua participação nesta feira internacional moçambicana, FACIM.

"Estamos bastante satisfeitos porque acreditamos bastante, neste momento que Moçambique está a atravessar e que vai trazer muito bons projectos".

Por seu lado, para João Machava, expositor moçambicano, a FACIM 2018 foi produtiva em relação à edição do ano passado.

"Sentimos que valeu a pena, com relação ao que vimos o ano passado, porque conseguimos ter alguns contactos e até formação de algumas parcerias".

De notar que esta edição 2018 da FACIM, teve uma participação de perto de 1000 empresa entre nacionais e estrangeiras representadas nas mais diversas áreas de negócios e de serviços. 

A Feira, encerra as portas, hoje, com um concerto musical que se vai prolongar pela noite adentro.

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente, em Maputo 02/09/2018 ouvir