rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Moçambique Portugal Cooperação/Desenvolvimento

Publicado a • Modificado a

Chefe do governo português em Maputo

media
Primeiro-ministro português António Costa com o Presidente moçambicano Filipe Nyusi durante a sua conferência de imprensa conjunta neste dia 5 de Julho em Maputo. ANTÓNIO SILVA/LUSA

Desde hoje e ainda até esta Sexta-feira, o Primeiro-ministro português António Costa efectua uma visita oficial a Moçambique, a primeira àquele país na qualidade de Primeiro-Ministro de Portugal. Esta deslocação tem como ponto culminante a III Cimeira Luso-Moçambicana realizada esta manhã em Maputo, as anteriores cimeiras bilaterais tendo ocorrido em Novembro de 2011, em Lisboa, e em Março de 2014, na capital moçambicana.


António Costa que se fez acompanhar nesta visita designadamente pelos titulares dos pelouros dos Negócios Estrangeiros, Administração Interna, do Ministério do Mar, assim como pelos secretários de Estado da Defesa Nacional bem como da Segurança Social, foi recebido à sua chegada pelos Ministros moçambicanos dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, bem como dos Transportes e Comunicação, antes de seguir para a Presidência da República onde se avistou a sós com o Chefe de Estado Moçambicano, para depois encetar uma nova Cimeira Luso-Moçambicana sob o lema "Moçambique e Portugal: construindo uma parceria estratégica para o desenvolvimento sustentável".

Desde encontro resultaram a assinatura de 10 acordos de cooperação nomeadamente no domínio da segurança social, turismo, transportes ou ainda ensino. Ao qualificar desde já de "positiva" a visita de António Costa ao seu país, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, considerou "prioritária" a cooperação económica entre Portugal e Moçambique no intuito de promover o desenvolvimento. Por sua vez, o Chefe do governo português deu conta ao Presidente moçambicano da “total vontade política” de Portugal no fito de continuar a construir “uma relação única”, tendo entretanto ficado estabelecido que a próxima cimeira entre os dois países deveria ser organizada para o ano que vem em Portugal, em data ainda por determinar. Mais pormenores com Orfeu Lisboa.

De referir que depois de participar esta noite num banquete oficial oferecido pelo Presidente da República, o chefe do governo português deve avistar-se amanhã com a presidente da Assembleia da República, Verónica Macamo, participar num seminário empresarial, bem como efectuar uma visita ao Instituto Superior de Estudos de Defesa, António Costa regressando a Portugal no Sábado.