rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Publicado a • Modificado a

Acesso universal à electricidade até 2030 em Moçambique

media
Torre do sistema de abastecimento de água de Inhambane, em Moçambique RFI/Orfeu Lisboa

Grande parte da população moçambicana ainda não tem acesso a energia eléctrica. apesar da situação estar a melhorar. O governo assumiu o compromisso de até 2030 levar energia a toda a população e para tal anunciou uma carteira de investimentos de 5 a 6 mil milhões de dólares.


É um compromisso assumido pelas autoridades moçambicanas fazer chegar energia a toda a população até 2030, manifestado pela empresa pública do ramo.

Com efeito, a empresa pública, Electricidade de Moçambique, EDM, através do seu porta-voz, Jorge Amado, garantiu estar-se já a trabalhar para o cumprimento das metas definidas. 

"Estamos a contar com uma carteira de investimentos, na ordem de 5 a 6 mil milhões de dólares nos próximos 15 anos que terão que ser investidos para que a gente possa atingir esse acesso universal", sublinha Jorge Amado. 

Actualmente, apenas 26% da população moçambicana, estimada em 28,8 milhões de acordo com o último censo realizado em 2017, tem acesso a energia eléctrica.

Mas autoridades garantem que o país, está a trabalhar para expandir o fornecimento e diversificar as fontes de produção de energia, sendo as renováveis e centrais combinadas, a grande aposta. 

De Maputo, o nosso correspondente, Orfeu Lisboa. 

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo 27/05/2018 ouvir