rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Renamo Moçambique Afonso Dhlakama Funeral Afonso Dhlakama 1953-2018

Publicado a • Modificado a

Cidade da Beira prepara último adeus a Dhlakama

media
Apoiantes da Renamo, em Moçambique, na vigília de 5 de Maio de 2018 ADRIEN BARBIER / AFP

Na cidade da Beira, ultimam-se os preparativos para as cerimónias fúnebres de Afonso Dhlakama, líder da Renamo, segunda força política de Moçambique, que faleceu na passada quinta-feira.


As cerimónias oficiais do líder da Renamo estão previstas para amanhã quarta-feira, 9 de Maio, pelas 8 horas da manhã, hora local.

O local escolhido para a homenagem é o largo da estação de caminhos-de-ferro da cidade da Beira.

Numa cerimónia onde são esperadas milhares de pessoas. O líder da oposição moçambicana será depois sepultado na quinta-feira, na sua terra natal, em Mangunde, a cerca de 300 quilómetros da Beira.

Afonso Dhlakama morreu na quinta-feira da semana passada, tinha 65 anos. Encontrava-se na Serra da Gorongosa, e morreu devido a complicações de saúde.

O desaparecimento do líder histórico da Renamo levanta agora uma serie de questões, entre elas a sucessão de Dhlakama à frente do partido e a continuidade das negociações de paz como nos reporta a nossa enviada especial à cidade da Beira, Cristiana Soares.

Enviada especial a Moçambique, Cristiana Soares 08/05/2018 ouvir