rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

África África Lusófona Moçambique Chuvas Morte

Publicado a • Modificado a

Moçambique: mau tempo já fez 21 mortos

media
Imagem de Ilustração. JOHN WESSELS / AFP

Em Moçambique a chuva intensa já matou 21 pessoas no norte e centro do país. A contribuir para o aumento de vítimas mortais está a depressão tropical que atingiu, na última semana, as províncias de Niassa, Cabo Delgado, Nampula e Zambézia. O governo moçambicano veio hoje dizer que necessita de 4 milhões de euros para dar uma resposta rápida à população.
 


O anúncio foi feito hoje em Maputo, no final de uma reunião de emergência do Conselho Coordenador da Gestão das Calamidades Naturais, que teve lugar no gabinete do primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário.

Em declarações à imprensa, o ministro das Obras Públicas, Recursos Hídricos e Habitação, Carlos Bonete, afirmou  que o governo necessita de quatro milhões de euros para dar uma resposta imediata à população afectada pelas intempéries.

A chuva intensa que atinge o país, desde o mês de Outubro, já provocou a morte a 21 pessoas no norte e centro do país. A contribuir para o aumento de vítimas mortais está a depressão tropical que atingiu, na última semana, as províncias de Niassa, Cabo Delgado, Nampula e Zambézia.

As intempéries deixaram ainda algumas zonas sem energia. De acordo com a Empresa Electricidade de Moçambique -EDM- os prejuízos poderão rondar os cerca de um milhão de euros.

Correspondência de Orfeu Lisboa 22/01/2018 ouvir