rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Moçambique Ciclone Maputo Catástrofes naturais

Publicado a • Modificado a

Sul de Moçambique varrido pelo ciclone DINEO

media
Ciclone DINEO junto ao litoral de Moçambique Nasa

Sete óbitos registados, cerca de 720 mil pessoas afectadas, casas, escolas, estradas e outras infra-estruturas públicas e privadas destruídas, comunicações via telefone e internet cortadas, este é o balanço preliminar da passagem do ciclone tropical DINEO pelas províncias de Inhambane e Gaza, no sul do país que até agora têm vindo a sofrer do impacto de uma seca severa.


Segundo as autoridades, entre as vitimas mortais, contabiliza-se uma criança atingida pela queda de um arbusto no distrito de Massinga no sudeste de Moçambique. Com ventos a soprar a 150 quilómetros/hora e chuvas violentas, o ciclone poderá ainda ganhar mais intensidade de acordo com o Instituto de Gestão das Calamidades (INGC) que antevê que a província de Maputo, no extremo sul de Moçambique, venha a ser igualmente atingida nas próximas horas, à semelhança dos vizinhos Zimbábue e África do Sul.

Face a esta situação, o Presidente da República, Filipe Nyusi manifestou a sua solidariedade para com as famílias afectadas e prometeu ajuda.

Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, em declarações recolhidas por Orfeu Lisboa 16/02/2017 ouvir