rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Theresa May adia votação do acordo do Brexit no Parlamento

Eleições legislativas Referendo Guiné Bissau Partidos África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Partidos afinam estratégias para legislativas na Guiné Bissau

media
Preparativos e estratégias para as legislativas na Guiné Bissau SEYLLOU / AFP

Na Guiné Bissau, realização do 1° congresso do Partido Unidade Nacional liderado por Idrissa Djaló, enquanto continua a expectativa à volta da anunciada chegada dos kits indispensáveis para o recenseamento eleitoral com vista às legislativas de 18 de novembro.

 


A actualidade política é dominada pela expectativa quanto à chegada ao país dos equipamentos do registo dos potenciais eleitores para as legislativas marcadas para 18 de novembro.

Os equipamentos comprados pelo governo da Nigéria na China e que vão ser oferecidos à Guiné Bissau devem chegar a Bissau a todo o momento.

Ontem, fontes oficiais do governo diziam que os "kits" deveriam chegar na última madrugada, depois disseram que chegariam na manhã deste sábado.  

O que é facto é que o avião que deve trazer os 350 equipamentos ainda não aterrou no aeroporto Osvaldo Vieira.

Enquanto isto, os partidos e líderes políticos afinam estratégias. O Partido da Unidade Nacional de Idrissa Djaló, está hoje reunido no seu primeiro congresso. A meta é juntar-se numa ampla coligação ao PAIGC para refundarem a República, como diz o lema do conclave.  

O deputado e antigo presidente do Partido da Convergência Democrática, Victor Mandinga, anunciou que se vai juntar ao Partido da Renovação Social, acompanhado de um grupo de militantes do PCD que se incompatibilizaram com a direcção. A ideia é derrotarem o PAIGC e reconstruir a Guiné Bissau.

O PRS, por sua vez, reuniu a conferência da sua juventude da zona leste do país. O evento, que junta mais de 800 jovens, decorre em Gabú, a 200 quilómetros de Bissau. Começou ontem sexta-feira e termina amanhã domingo.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussá Baldé.

Mussa Baldé, correspondente em Bissau 15/09/2018 ouvir