rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Rodovia Acidente Guiné-Bissau Vítimas Hospital África Lusófona

Publicado a • Modificado a

18 mortos num trágico acidente numa estrada da Guiné-Bissau

media
Carro numa estrada de Bissau nas imediações da assembleia nacional SEYLLOU / AFP

18 mortos e 14 feridos graves eis o balanço de um trágico acidente de
viação, ontem, numa estrada do nordeste da Guiné-Bissau. O
primeiro-ministro diz que o país está de luto, o Presidente guineense
lamenta as condições precarias das estradas mas tambem a forma pouco
prudente como se conduz.  


O acidente ocorreu num troço da estrada que liga as localidades de Quinhamel a Bissau, quando duas viaturas, uma de transporte de passageiros e outra carregada com blocos de cimento, colidiram frontalmente na povoação de Bissauzinho, a 23 quilómetros da capital guineense.

De acordo com tecnicos dos Serviços de Viação e Transportes Terrestres, condutor de  uma das viaturas sinistradas vinha em excesso de velocidade e no momento da ultrapassagem da outra, um pneu dianteiro rebentou, perdendo o controlo do carro, o que resultou no embate violento de frente.

Os condutores das duas viaturas tiveram morte imediata.

No total, segundo um comunicado da presidência da República, 18 pessoas perderam a vida no trágico acidente e 14 ficaram feridas, algumas com muita gravidade.

O primeiro-ministro, Umaro Cissoko Embaló deslocou-se aos dois hospitais, onde os sinistrados recebem assistência médica, tendo prometido total apoio das autoridades aos enfermos.

Hoje no comunicado da presidência, o chefe do Estado, José Mário Vaz,  lamentou as condições precárias das estradas guineenses mas também realçou a forma pouco prudente como alguns motoristas conduzem. O governo equaciona decretar luto nacional para semana.

De Bissau, o nosso correspondente, Mussá Baldé, Bissau.

Mussá Baldé, correspondente em Bissau 06/01/2018 ouvir