rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ano Novo Festa Paris Reveillon Segurança

Publicado a • Modificado a

França reforça esquema de segurança para o Réveillon

media
Comemoração do Ano Novo na avenida Champs-Elysées em Paris. REUTERS/Charles Platiau

Tudo pronto para a chegada de 2013 na França. Na capital, a segurança está reforçada e milhares de turistas são esperados para festejar a chegada do novo ano. Em Paris, metrôs, trens e ônibus circulam gratuitamente até meio-dia de amanhã.

 


Em Paris, a Torre Eiffel e a avenida Champs Elysées recebem uma multidão apesar de não haver nem queima de fogos nem nenhuma comemoração popular organizada nas ruas. Mas Paris não vai decepcionar quem gosta de festa. Diversas boates, clubes e restaurantes organizam eventos para todos os gostos.

O famoso cabaré parisiense Crazy Horse, por exemplo, promete uma festa sensual com champagne e strip tease. Já o famoso restaurante La Rotonde prepara um baile de máscaras num estilo barroco com um jantar supersofsticado animado por dj's. E para quem está com saudades do réveillon de Copacabana, o espaço Cabaret Sauvage tem forró, samba, transmissão ao vivo dos fogos de artifício do Rio de Janeiro e muita caipirinha e pratos brasileiros.

A festa à moda brasileira, aliás, é destaque do site do jornal Le Parisien que traz ainda uma lista das festas mais animadas para esperar pelo novo ano.

Segurança

Os franceses preparam a virada do ano de olho na segurança. Em toda a França, 53 mil policiais estão mobilizados para evitar tumultos e a queima de carros que já é, há anos, uma perigosa tradição no ano novo francês, especialmente nas periferias. Como medida preventiva, em vários pontos do país foi foi proibida a venda de galões de combustível e de rojões.  No ano passado, 40 mil incêndios foram registrados em todo país.

As autoridades francesas também alertam para o abuso no consumo de álcool. Uma pesquisa publicada hoje revela que 44% dos franceses correm o risco de dirigir após terem bebido. Os dados revelam ainda que 9 em cada 10 franceses devem ingerir alguma bebida alcóolica na noite de hoje.

O Réveillon dos franceses também contará com um pronunciamento do presidente François Hollande em rede nacional na televisão. Oito meses depois de chegar ao poder, o líder socialista vai tentar transmitir por 10 minutos palavras de otimismo aos franceses apesar do agravamento da crise econômica e do desemprego na França.