rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ecologia Estados Unidos Petróleo

Publicado a • Modificado a

Tempestade Bonnie interrompe operações contra a maré negra

media
Segundo a empresa BP, a duração da suspensão das operações vai depender das condições climáticas. Reuters

O grupo britânico BP estima que a chegada da tempestade tropical no Golfo do México pode provocar um atraso de até duas semanas nas operações de controle do vazamento de petróleo. Cerca de 2 mil engenheiros e vários barcos tiveram que deixar a região. Barack Obama pretende passar um final de semana na Flórida para estimular o turismo na Estado.


As autoridades norte-americanas ordenaram na quinta-feira a retirada dos barcos que trabalham nas operações de contenção do vazamento de petróleo que já dura mais de três meses. O grupo britânico BP, responsável pela plataforma, estima que as condições climáticas desfavoráveis provocadas pela tempestade tropical Bonnie devem provocar um atraso de duas semanas nas operações.

Cerca de 2 mil engenheiros que estão trabalhando para conter a maré negra serão retirados do local. “A segurança das pessoas envolvidas é nossa maior preocupação", disse Thad Allen, responsável norte-americano pelas operações. Equipamentos como barcos e plataformas também serão retirados, inclusive a chamada plataforma de foragem, que permite o acesso ao poço no fundo do mar. “A duração da suspensão das atividades vai depender das condições climáticas”, declarou a BP.

A nova operação para combater o vazamento, interrompida nessa sexta-feira, consiste em injetar uma mistura de substâncias líquidas e sólidas no poço, que ficou aberto depois do incêndio da plataforma Deepwater Horizon. A válvula de segurança falhou, deixando a tampa do poço aberta.

Há sete dias, um dispositivo permitiu controlar temporariamente o vazamento. As autoridades norte-americanas que recolhiam cerca de 25 mil barris de petróleo por dia na superfície do mar, coletaram na última quarta-feira apenas 56 barris. O resultado levou a Agência Oceânica e Atmosférica Americana a autorizar novamente a pesca em um terço da área do Golfo do México, fechada desde o início da maré negra, em abril.

Obama em férias na região

Para estimular o turismo na região, a Casa Branca anunciou que o presidente Barack Obama vai passar o final de semana do dia 14 de agosto com a família na Flórida, um dos Estados atingidos pela maré negra.

Um estudo publicado nessa quinta-feira mostra que o vazamento de petróleo pode provocar um prejuízo de 22,7 bilhões de dólares em receitas turísticas na região nos próximos três anos.