rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Itália: Primeiro-ministro apresentou a sua demissão
Convidado
rss itunes

As cores de Da Silva em Avignon

Por Cristiana Soares

A história de um corvo que pinta o mundo de todas as cores, mas que vive na mais profunda depressão. Como todos os corvos, Coco é preto e não consegue pintar-se de outras cores.

Le Mystère des Couleurs de Da Silva e Damien Luce, é uma peça para crianças criada a partir do trabalho homónimo do cantor franco-português: “escrevi este áudio livro editado pela Actes Sud Junior em 2017, efectivamente. Desde há dez anos que me diziam: é absolutamente necessário encenar e representar este livro. Recusei várias propostas, até que o meu produtor me apresentou ao Damien Luce, com quem falei desta ideia. Ele deu-me os bons argumentos e juntos conseguimos”.

50 minutos em cena, acompanhado por uma bateria, Da Silva é o corvo Coco. Uma peça que nas palavras do autor fala de tolerância: “queria escrever um livro que fosse, com a devida modéstia, um pouco como as Fábulas de La Fontaine, com uma pequena lição de moral no final. É uma história que fala da tolerância, que a cor de pele é irrelevante e que em cada um de nós se pode encontrar qualquer coisa capaz de iluminar o outro

Le Mystère des Couleurs é um trabalho conjunto entre Da Silva e. Ao microfone da RFI, o encenador Damien Luce explicou o processo de criação da peça: “tivemos de encontrar uma forma de colocar tudo isto em cena, de forma encadeada e dinâmica. Foi isso que me seduziu, de reunir diferentes artes, diferentes formas artísticas. Há ilustrações realizadas por Jeff Pourquié, há dança que foi filmada e é projectada, há música, há a bateria em palco. Foi isso que nos seduziu de trabalhar com todas estas diferentes artes”.

A peça Le Mystère des Couleurs de Da Silva e Damien Luce está em até 28 de Julho, no Teatro de L’Arrache Coeur, em Avignon.

Angola: José Eduardo dos Santos "não goza de qualquer imunidade alargada"