rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Demissão França Governo Christophe Castaner Dia da Mentira Oposição África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Governo francês mentiu sobre intrusão num hospital de Paris

media
Ministro francês do Interior, Christophe Castaner, mentiu sobre "ataque" a hospital de Paris REUTERS/Christian Hartmann

O governo francês mentiu ontem ao declarar que dezenas de pessoas tinham levado a cabo um "ataque" no hospital de Pitié-Salpêtrière, à margem das festas do 1° de maio. O próprio ministro do Interior, veio hoje reconhecer que não devia ter empregue a palavra "ataque". A oposição pede a demissão do ministro, Christophe Castaner. 


"Eu não devia ter empregue o termo "ataque" após a intrusão de dezenas de manifestantes no hospital de Pitié-Salpêtrière, em Paris, no dia 1 de maio", declarou esta sexta-feira o ministro do Interior, Christophe Castaner.

O ministro considerou durante uma conferência de imprensa, que teria preferido usar "intrusão violenta", expressão evocada na sua presença por responsáveis do hospital parisiense, cujo pessoal estava chocado.

Ontem, Castaner, foi criticado por vários responsáveis políticos que o acusaram de manipulação, com base num video que circulou no Facebook, mostrando manifestantes que se refugiaram no recinto do hospital fugindo à polícia que lançava gás lacrimogéneo durante as manifestações do 1° de maio.

Hoje, dirigentes políticos da oposição voltaram à carga, com o o chefe de fila da França Insubmissa, Jean-Luc Mélanchon, qualificando Castaner de "incompetente e mentiroso".

Oposição pede demissão do Ministro Castaner

Entre eleitos da oposição uns reclamam uma comissão de inquérito parlamentar e a comparência de Castaner, perante o Parlamento, outros reclamam a sua demissão.

"Se ficar provado que o ministro do Interior disseminou conscientemente informações falsas ou não verificadas, fica colocada a questão da confiança que ele tem do Presidente e do Primeiro-ministro, com as consequências, que isto tem", declararam deputados socialistas numa carta enviada à presidente da Comissão das leis da Assembleia, Yaël Braun-Pivet.

Mas, o ministro do Interior, ainda ontem era apoiado pelo primeiro-ministro, Edouard Philippe, que denunciou também uma "intrusão totalmente irresponsável" de pessoas no hospital parisiense de Pitié-Salpêtrière. 

Contudo, a esmagadora maioria da oposição exige hoje a demissão de Castaner, porque "mentiu e quis manipular a opinião. Ele tem de demitir-se porque já nos habituou à sua incompetência e mentiras", acusou, o dirigente político, Nicolas Dupont-Aignan.

Minitro francês do Interior no caso do hospital Salpêtrière, oposição pede sua demissão 03/05/2019 ouvir