rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Urgente
Croácia apurou-se para oitavos de final derrotando a Argentina por 3 a 0
Revista de Imprensa
rss itunes

Política deficiente de apoio a idosos em França

Por João Matos

As primeiras páginas dos jornais franceses estão dominadas por questões de política social e de sociedade em França, enquanto ao nível internacional, destaca-se a operação militar francesa, no Mali. 

LE MONDE, titula assistência médica no banco de réus. 7 sindicatos apelam à greve, amanhã, nos estabelecimentos  de habitação para pessoas idosas dependentes. 

Este movimento de protesto é apoiado pela associação de directores desses estabecimentos, que também reclamam mais meios.

Quadros da saúde, enfermeiras e enfermeiras auxiliares, denunciam uma degradação das suas condições de trabalho no privado e no público, nota LE MONDE

Por seu lado LIBÉRATION, pergunta quem se vai ocupar dos pais? Empregados de habitações para pessoas de terceira idade fazem greve amanhã reclamando mais meios.

"Eu quero ficar aqui, mas ao mesmo tempo, quero sair daqui", declara uma idosa, sublinha LIBÉRATION.

Mártires por amor, pertence ao LA CROIX. O Papa Francisco reconheceu o mátir de 19 religiosos assassinados em Argélia, um reconhecimento que abre vias para a beatificação.

Em relação à África, LE FIGARO, titula, 5 anos depois de Serval, Al Qaeda gangrena o Mali. Apesar da intervenção militar francesa em 2013 no norte do Mali, a insegurança e o terrorismo jiadistas não cessam de se propagar, ameaçando a unidade de um estado em decomposição.

Por seu lado, LIBÉRATION, destaca a trigésima cimeira dos dirigentes da União africana. Em Addis Abeba, a África, quer abandonar o estádio de blá-blá. O novo lídeer da instituição Paul Kagame, deseja insuflar um vento de reformas, mas , depara-se com uma rebeldia de Pretória.  

Enfim, sobre a actualidade mundial, LE MONDE, destaca Cabul, o insuportável quotidiano dos atentados, para se referir a 4 ataques em 4 dias, que só no sábado, fez 103 mortos, na explosão de uma ambulância perto da embaixada da França.