rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Eritreia França Direito Justiça Migrantes ilegais Imigrantes clandestinos Itália

Publicado a • Modificado a

França: Julgamento por ajuda a clandestinos

media
Cédric Herrou, aqui a 23 de Novembro de 2016. AFP/Yann COATSALIOU

Começou hoje em Nice, sul de França, o julgamento de um agricultor acusado de ter ajudado clandestinos junto da fronteira com a Itália.


Cédric Herrou é julgado pelo papel desempenhado na instalação, sem autorização prévia, de cerca de cinquenta eritreus num centro de férias desactivado em Saint Dalmas de Tende, a nordeste de Nice, sul de França.

A ocupação do recinto em causa acabara ao fim de três dias com a intervenção das forças da ordem.

Herrou produz azeitonas e ovos no Vale Roya, perto da fronteira italiana, onde surgira um colectivo de ajuda aos migrantes.

No início da audiência ele afirmou que se se é obrigado a infringir a lei para ajudar as pessoas, então vamos embora.

O arguido admitiu ter que se justificar neste caso, mas apelou também a que o representante do Estado se justifique acerca dos milhares de menores expulsos na fronteira.

Já a 23 de Novembro o Ministério público pedira 6 meses de cadeia com pena suspensa para um investigador por ter ajudado eritreias provenientes da Itália, a sentença deverá ser lida ainda esta semana.