rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

França Paris Esquerda Radical Comissão Europeia União Africana África

Publicado a • Modificado a

Esquerda radical europeia debate em Paris austeridade

media
Jean-Luc Melenchon, fundador do partido Frente de Esquerda em França e eurodeputado francês. AFP PHOTO / REMY GABALDA

Esquerdas radicais europeias estiveram reunidas este sábado, 23 de janeiro, em Paris, no quadro de um forum internacional para pensar e elaborar um Plano B à austeridade económico-social das comissão e União europeias, em vigor na Europa.


Dirigentes políticos, deputados e económicos das esquerdas radicais europeias, reúniram-se este sábado, 23 de janeiro, em Paris, para pensar e elaborar um Plano B, em contraposição à política de austeridade das instituições europeias.

Dentre as personalidade conhecidas mundialmente, nesta conferência internacional, de destacar Oskar Lafontaine, antigo dirigente e ministro dos sociais-democrtas do SPD alemão e depois fundador do Partido de esquerda, "Die Linkspartei", que teve no início um relativo sucesso na Alemanha, mas depois acabou por desaparecer da cena política.

Outra figura de relevo internacional no Forum de Paris, o antigo ministro grego das finanças, Varoufakis, um dos principais teóricos do chamado Plano B, que quer substituir-se aos programas económicos em vigor na Europa com o aval e apoio financeiro das instituições europeias.

Mas nesta conferência internacional de Paris, estiveram outras figuras de relevo, como prémios Nobel de economia, que prevêem uma crise muito mais grave na Europa do que as últimas crises e desmoronamento da economia gregaou as crises económicas de Portugal ou Espanha.

De Portugal, vieram por exemplo, personalidades do Bloco de Esquerda, como o economista Francisco Louça ou Mariana Mortágua.

De França, de destacar os dirigentes da Frente de Esquerda, de Jean-Luc Melenchon, um dos principais demolidores das políticas europeias, neste país.

Em entrevista à RFI, Bruno Fialho, coordenador inernacional da Frente de Esquerda, em França,  este encontro de Paris, enquadra-se "num movimento internacional para dar a volta à austeridade que está na Europa."

Bruno Fialho, Coordenador internacional da Frente de Esquerda em França 23/01/2016 ouvir

Voltaremos a este tema no nosso Magazine Economias da próxima sexta-feira.