rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Ilha Brava Transporte Barco Cabo Verde Saúde Manifestação África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Barco passa a fazer ligações diárias com a Ilha da Brava em Cabo Verde

media
Porto de Ferreiros, na ilha da Brava, em Cabo Verde que passa a ter ligações diárias com barcos RFI/Odair Santos

Cabo Verde, manifestações de populares na ilha da Brava, surtiram efeitos positivos, com o governo e a companhia de navios ferries, anunciando imediatamente ligações diárias com a ilha. Quanto a problemas com a saúde, como a falta de um cirurgião e anestesista, que com os transportes, teriam, indirectamente, provocado a morte duma jovem parturiente, o governo prometeu para breve apenas um serviço de radiologia na Brava.


Depois da população bravense ter saída às ruas de Nova Sintra, respondendo ao apelo à manifestação do "Movimento Basta", a ilha da Brava passa a estar ligada por via marítima às outras ilhas, sobretudo a ilha do Fogo.

Segundo o Presidente da câmara municipal da Brava, Francisco Tavares, "no que tange ao sector dos transportes, uma das reivindicações da manifestação, já foi resolvida a questão e até com melhorias para a Brava". 

A população reclamou nas ruas nos últimos dias mais transporte e melhor saúde, no seguimento da morte de uma jovem parturiente que não recebeu tratamento médico adequado na Brava, que não tem nem cirurgião nem anestesista e que devido ao mar revoltado não pôde ser evacuada atempadamente para um hospital melhor apetrechado na ilha vizinha do Fogo.

"A companhia Cabo Verde Fast Ferry e o governo, garantem que agora, o barco permanece na Brava 7 dias por semana, ou seja todos os dias e faz 3 ligações semanais com a cidade da Praia, duas ligações com Brava/S.Filipe, entre outras melhorias, declarou ainda, o Presidente da câmara municipal da Brava.

Quanto a problemas com a saúde, haverá "brevemente novidades, porque já está a ser preparada a sala onde irão fazer-se exames de raio X aqui na ilha", acrescenta, Francisco Tavares.

Mas ainda nesta matéria, o Presidente da câmara municipal da Brava, Francisco Tavares, declarou, 

Na entrevista à RFI, o edil bravense Francisco Tavares nota que "infelizmente ainda Cabo Verde não poderá fornecer à ilha da Brava, um bloco operatório, um cirurgião, anestesista e um banco de sangue". 

Francisco Tavares, Presidente da câmara municipal da Brava, Cabo Verde 11/03/2019 ouvir