rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo
Desporto
rss itunes

Pugilista Demetrius Andrade é campeão do Mundo de boxe

Por Vitor Matias

O pugilista norte americano de origem cabo - verdiana, Demetrius Andrade, conquistou na madrugada de Sexta feira passada, no Madison Square Garden de Nova Iorque, o título de Campeão do Mundo na categoria de médios. Demetrius Andrade nunca esteve em dificuldade, frente ao seu adversário, o russo Artur Akavov, que ele venceu por  KO técnico. Foi o árbitro quem decidiu parar o combate durante o 12° assalto, a poucos segundos do fim, para evitar o pior.
Demetrius Andrade conta actualmente com 27 combates,  27 vitórias  17 das quais por Knock Out.
A RFI ouviu Flávio Furtado, Presidente da Federação cabo-verdiana de Boxe, que comentou esta vitória do pugilista de origem cabo-verdiana.

A nível do futebol, vários cabo-verdianos estão igualmente em destaque :

Cabo Verde vai ter, novamente, um árbitro numa fase final da CAN.Com efeito, o árbitro assitente Luis Fernandes Barbosa foi escolhido pela Confederação Africana de Futebol para estar presente na CAN sub-20, que terá lugar de 2 a 17 de Fevereiro, no Níger. A última vez que um árbitro cabo-verdianao tinha  sido chamado para esta prestigiosa competição, foi há nove anos, com a presença de Manuel Duarte.

Aqui, por França, o Saint-Étienne, clube da primeira divisão, com um historial invejável, acaba de renovar o seu contrato com o internacional cabo-verdiano Kenny Rocha, até 2023. O médio ofensivo, de apenas 19 anos de idade, chegou  a este clube com 15 anos, e já foi internacional três vezes, com a selecção cabo-verdiana.   

E em Espanha, outro cabo - verdiano está a dar que falar. Trata-se de Djaniny Semedo, que o Sevilha quer contratar. Djaniny Semedo está neste momento  ao serviço da equipa Al Ahli, da Arábia Saudita, e o Sevilha  - da primeira liga espanola - mostrou já a sua intenção de pagar a cláusula de rescisão do contrato. Mas a equipa saudita não quer deixar partir o crioulo, que já marcou dez golos em 11 jogos, cinco dos quais, num só jogo...