rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Governo Cabo Verde salário mínimo Comércio Sindicatos África Lusófona

Publicado a • Modificado a

Cabo Verde aprova aumento de salário mínimo no privado

media
Fernando Elísio Freire, ministro cabo-verdiano da Presidência do Conselho de Ministros Cristiana Soares/RFI

O salário mínimo no sector privado em Cabo Verde, foi aumentado, passando a ser de 13 mil escudos, cerca de 118 euros. Esta medida foi anunciada pelo ministro da presidência do conselho de ministros, que afirma, estar o governo a cumprir o que foi acordo com o conselho de concertação social. Até agora o salário mínimo era de 11 mil escudos.


O governo de Cabo Verde aprovou o aumento do salário mínimo no sector privado de 11 mil (99,7 euros) para 13 mil escudos (117,8 euros), anunciou o ministro da Presidência do Conselho de Ministros, Fernando Elísio Freire. 

O aumento do salário mínimo abrange apenas os trabalhadores do sector privado, uma vez que no sector público o salário mínimo é já actualmente de 15 mil escudos.

A Concertação Social aprovou por unanimidade o aumento do salário mínimo.

Para o ministro caboverdiano da presidência do conselho de ministros, Elísio Freire, o governo está "cumprir aquilo que foi acordado a nível da concertação social, que é aumentar o salário [no sector privado] para 13 mil escudos".

Fernando Elísio Freire, ministro caboverdiano da presidência do conselho de ministros 07/01/2018 ouvir