rfi

No ar
  • RFI em Português
  • Noticiário em Português
  • RFI Mundo

Governo Cabo Verde Ministro Política

Publicado a • Modificado a

Governo cabo-verdiano aumenta número de ministros

media
Ulisses Correia e Silva, Primeiro-ministro cabo-verdiano Carina Branco/RFI

O primeiro-ministro cabo verdiano, Ulisses Correia e Silva, procedeu a remodelações no seu executivo. Uma dessas alterações conduz o ministro das Finanças Olavo Correia a passar doravante a ocupar igualmente o posto de vice primeiro-ministro.


O Governo de Cabo Verde passa a contar com três novos ministérios, mais dois ministros e seis novos secretários de Estado. A alteração governamental foi apresentada esta Quarta-feira ao chefe de Estado pelo Primeiro Ministro, Ulisses Correia e Silva. O actual ministro das finanças, Olavo Correia passa a ser vice-primeiro-ministro para além de continuar a chefiar o pelouro das finanças.

Ulisses Correia e Silva justificou este alargamento pela "necessidade de melhorar a eficiência governativa, de reforçar a coordenação política e económica".

O diplomata Júlio Herbert Lopes entra para o elenco governamental com o cargo de ministro-adjunto do primeiro-ministro para a Integração Regional, enquanto o actual ministro dos Assuntos Parlamentares e Presidência do Conselho de Ministros ascende ao posto de Ministro de Estado.

Os três novos ministérios - Indústria, Comércio e Energia, Turismo e Transportes e Economia Marítima - resultam do "desmembramento", do actual Ministério da Economia e Emprego, segundo o primeiro-ministro.

O actual Ministro da Economia e Emprego, José Gonçalves, fica com a tutela dos ministérios do Turismo e Transportes e Economia Marítima, a serem sedeados na ilha de São Vicente.

Com esta remodelação, o Governo passou de 12 membros para 20 elementos, as mulheres tendo sido excluídas deste executivo renovado. A tomada de posse dos novos membros está prevista para 27 deste mês.

Mais pormenores com Odair Santos

Correspondência Odair Santos 20/12/2017 ouvir